• Início
  • BlizzCon
  • World of Warcraft: Shadowlands – Minha análise sobre os Recursos da Expansão (Dia 1)
BlizzCon, Blog

World of Warcraft: Shadowlands – Minha análise sobre os Recursos da Expansão (Dia 1)

1 de novembro de 2019 8 Comentários 1729 visualizações

Acabei de assistir o painel sobre a próxima expansão de World of Warcraft: Shadowlands. E me senti na obrigação de vir comentar tudo o que vi e que me deixou absolutamente empolgada sobre ela. Alerta de texto gigante sobre minhas impressões!

Eu não achei que eu ia me animar, mas a verdade é que estou absolutamente ansiosíssima para o ano que vem! Apesar dos leaks dos últimos meses e que se intensificaram na última semana, o que realmente eu esperava era algum anúncio de feature interessante, e eu não fiquei decepcionada. Muito pelo contrário! Aqui eu vou listar tudo o que vi no painel What’s Next? do WoW sobre Shadowlands e que achei notável.

Trailer da Expansão

Se você não viu o trailer, recomendo ver. Mais uma vez o time responsável por criar cinemáticas para o WoW se superou 💜

Um adendo sobre o trailer: me surpreendi primeiro aqui, porque apesar de toda especulação de a Sylvanas ser uma nova Lich Queen, eu fiquei embasbacada de ver ela simplesmente partindo a coroa. Um pouco da motivação dela é aparente e, seguindo inclusive as especulações durante o painel, talvez esta tenha sido a maneira dela finalmente dar um fim no ciclo atual do jogo. Mas, como lore não é minha especialidade, vamos para a próxima parte e minha favorita: as features anunciadas!

Principais Recursos (Features) e como eles afetam o jogo

Muito do que foi anunciado nesse painel me surpreendeu por serem tópicos abordados de forma a aproveitar feedbacks de outras expansões. Isso ficou bem claro com o fato de que em cada recurso anunciado, existe uma relação com algum diferencial de outra expansão.

Leveling Geral

Começaremos a expansão entrando nA Gorja, uma das áreas de Shadowlands. De lá, iremos para a cidade principal da expansão, Oribos, a Cidade dos Imortais e iremos nivelar em cada uma das 4 novas zonas, em ordem: Bastion, Maldraxxus, Floresta de Arden e Revendreth. Durante este leveling, o jogador terá acesso à todos os Pactos em suas respectivas zonas para conhecê-los e se familiarizar com o ambiente, e a escolha final de Pacto é feita após a conclusão do leveling.

Pactos (Covenants)

Covenants

Os Pactos, como descritos no Site Oficial, são “seitas misteriosas com planos distintos para as Terras Sombrias, para restaurar o equilíbrio do pós-vida”. Este recurso determinará muito do gameplay em Shadowlands, considerando que sua importância foi comparada às Guarnições pra Warlords of Draenor como os Salões de Classe em Legion. Ao todo existem quatro Pactos e o gameplay da expansão será diretamente ligado à eles, e a escolha determinará habilidades, itens cosméticos e escolhas únicas ao longo da expansão.

Cada um dos mapas de Shadowlands está ligado à um Pacto:

Apesar de que existe um total de 4 Pactos, os jogadores poderão se aliar à apenas um deles após atingir o nível máximo. Não consegui descobrir ainda se será possível escolher outro Pacto ao longo do jogo. A progressão no jogo estará diretamente ligada à progressão do Pacto, assim como hoje funciona o sistema de Campanha de Guerra. Quanto às habilidades específicas, cada uma oferecerá uma habilidade exclusiva de classe e outra que estará acessível para todos os demais membros do Pacto.

Como exemplo, no site oficial em inglês, já existe uma notícia que dá uma prévia dos Kyrian. Nela é especificado que, ao se juntar aos Kyrian, você ganhará duas novas habilidades: uma para combate, específica de classe, e uma outra habilidade que permitirá que você se desloque no mundo de uma maneira diferente. A habilidade de movimento, chamada Unburden, faz com que você ganhe velocidade de movimento, reduz seu dano de queda e pode te lançar a frente, além de reduzir drasticamente o alcance de detecção dos inimigos (me parece que já escolhi meu Pacto hihihi).

Conceito de Armadura Kyrian para cada proficiência de equipamento.

Conceito de Armadura Kyrian para cada proficiência de equipamento.

Soulbinds

Os Soulbinds são o sistema de progressão endgame da expansão, bem como os artefatos e o sistema de azerita, onde você ligará sua alma com algum habitante poderoso de Shadowlands para ganhar novas habilidades e melhorar outras já existentes. Apesar da semelhança com os sistemas das duas expansões anteriores, os Soulbinds não terão um sistema de poder de artefato! Essa questão foi levada em consideração pelos devs justamente pelo fator de “obrigação social” ou pessoal do jogador de estar sempre correndo atrás de maximizar seu poder de artefato.

Mais detalhes sobre o sistema de Soulbinds serão revelados amanhã, durante o painel World of Warcraft: Explorando a fundo, que começará às 15:15, horário de Brasília.

Thanator, a Torre dos Malditos

Thanator

Aqui é onde minha obsessão com a Torre dos Magos toma forma novamente! Thanator é uma masmorra dinâmica e basicamente sem fim. Ela poderá ser feita solo ou com até mais quatro pessoas e lá será possível obter itens valiosos como materiais para criar armas e armaduras lendárias.

Durante cada aventura em Thanator, será possível escolher habilidades ou melhorias para ajudar durante o progresso na Torre e que variam para cada classe.

A dificuldade varia não somente a cada nível, e sim a cada vez que você entra na Masmorra. Diferentes opções de armadilhas, PNJs e layout também estarão disponíveis, assim como em jogos estilo roguelike.

Um recurso semelhante chegará no Patch 8.3, as Visões Horríficas, e saber que já teremos algo do gênero logo no início da expansão me deixa mega feliz \o/

Alts em Shadowlands

Algumas mudanças de qualidade de vida foram feitas em Shadowlands para beneficiar o leveling de alts. Algumas delas são:

  • Ao invés de precisar se aventurar por todas as zonas para “conhecer” cada pacto, você poderá se aliar permanentemente à um pacto logo no início como uma espécie de Novo Jogo +, método conhecido de vários jogos por permitir reiniciar um jogo mas mantendo algumas vantagens em relação à primeira experiência.
  • Apesar do primeiro leveling ser linear, um alt poderá escolher a ordem pela qual irá explorar cada mapa e inclusive participar em Missões Mundiais.
  • As escolhas feitas durante o leveling já irão impactar o endgame de um alt, sem a necessidade de fazer missões específicas ou outras atividades extras ao chegar no nível máximo, e sim durante o processo de leveling.

Como uma pessoa que adora ter alts em dia, essa é uma excelente notícia! Tanto em Legion quanto em Battle for Azeroth era comum ficar “afogado” em tantas missões “iniciais” do endgame, e poder agilizar este tipo de conteúdo já durante o leveling é uma benção!

Liberdade de Escolha do Jogador

O final do Painel foi basicamente focada nesta questão: como melhorar a experiência geral do jogador dar mais liberdade de escolha, ao mesmo tempo aumentando o senso de recompensa no jogo.  Alguns exemplos:

  • Melhorar profissões de maneira que cada item criado seja valioso, mesmo que para isso algo adicional seja utilizado. O exemplo dado foi um ferreiro criando uma calça com atributos não muito adequados e precisando desmanchar este item para criá-lo novamente. A ideia é fazer com que o jogador possa utilizar, por exemplo, gemas com os atributos desejados como parte da criação do item de maneira a conseguir exatamente o que ele deseja. Pessoalmente adorei isso, tanto no aspecto de praticidade pessoal como no aspecto econômico-comerciante-etérea-que-sempre-da-um-jeito-de-upar-todas-as-profissões-pra-ganhar-goldz!
  • Um sistema de caixa de saque semanal que não dependa mais de RNG, e sim de uma medida de cada conteúdo executado na semana em termos de quantidade e dificuldade, que oferece mais de uma opção para o jogador poder escolher aquela que de fato seria melhor para ele.
  • Um novo sistema de lendários, mas ao invés de terem fontes absurdas e um RNG sobre quais itens conseguir, o sistema de lendários em Shadowlands será remodelado para que o próprio jogador possa determinar qual o lendário adequado e progredir de diversas maneiras para criá-lo.
  • O retorno da identidade de classe, que acabou sendo parcialmente perdida com o tempo pela diferenciação imensa entre especializações. Ion não deu muitos detalhes sobre este aspecto, mas no painel de amanhã teremos mais informações sobre isso!
  • A redução de níveis é real, o que significa que o nível máximo voltará a ser 60, sendo que no pré patch o nível máximo será reduzido para 50 e progrediremos 10 níveis em Shadowlands.
  • As zonas iniciais serão retrabalhadas para oferecer uma melhor experiência de início de leveling do 1 ao 10.
  • Além disso para alts será possível escolher qualquer conteúdo antigo para fazer o leveling de um novo personagem, desde Classic até Battle for Azeroth!

Mais opções de customização de Raças

Aqui foi onde de fato eu saltei da cadeira: novas opções de customização estarão disponíveis para todas as raças, incluindo opções étnicas! As imagens falam por si só!


Para um resumo do que está por vir na expansão, eu fiquei MUITO empolgada. Apesar de muita gente concordar que o status atual do jogo não é o seu melhor nos últimos anos, pra mim não é este o caso. Eu continuo me divertindo constantemente com o WoW, e ver que mesmo com todas as especulações indicando algum conteúdo “reciclado”, eu fiquei bem surpresa com as novidades de Shadowlands.

Amanhã devo fazer um novo post detalhando mais sobre os próximos painéis relevantes de WoW, então fiquem de olho aqui, no meu Twitter ou Facebook para informações 😉

Estou ansiosíssima pra ver mais customizações de classe e mais detalhes sobre o gameplay geral da nova expansão, e vocês?

Referências de Imagens: Site Oficial, Blizzard Press Center

Tags

Ir ao Topo